Publicado por: profpardal | Maio 12, 2009

Professores e o complexo de superioridade

Como professora contratada trabalhei em dezenas de escolas, tive milhares de alunos, dezenas de chefias (conselhos executivos) e um sem fim de colegas.

Confesso que a grande maioria me passou despercebida.
Recordo-me apenas de alguns que, a bem ou a mal me tocaram e influenciaram a minha vida profissional.

Vantagem de ser professor

Toda a gente sabe que uma das “vantagens” (para mim é o contrário) de ser professor é que não existe uma chefia directa. Ela existe, como conselho executivo, mas a sua acção controladora e participativa é quase nula na maioria das escolas (pelo menos nas que eu trabalhei e que conheço). Desde que uma pessoa não arranje sarilhos e vá fazendo o seu papel não há chatices para ninguém.  A vida vai correndo normalmente com meia dúzia de reuniões de departamento e alguns conselhos pedagógicos…

No entanto, existem pessoas que não se dão na normalidade. São pessoas especiais. Não conseguem viver no anonimato e fazem questão de  sobressair no meio de centenas de colegas de profissão.

Acho perfeitamente normal. O trabalho dos bons e dos maus, deve ser reconhecido.

O que não acho normal é que esse tipo de pessoas se dirigam aos outros com tiques de superioridade, do género: EU SOU coordenador do grupo xpto; membro do projecto europeu de educação x, y, z, membro do secretariado de exames,  lambe botas do C.E, etc, etc, etc.

Passa a vida a queixar-se do excesso de trabalho, refere as poucas horas de sono e a falta de tempo para a vida familiar.

Nos projectos em que está envolvido não aceita as ideias dos outros. Segundo ele as matrizes/ directrizes estão criadas e não muda o projecto (mesmo que esteja uma valente merda).

Há uns meses que o venho “observando” e embora não sendo nem psicóloga, nem psiquiatra, sei que este colega sofre de Complexo de Superioridade.

“O chamado complexo de superioridade não é uma patologia em si. É, antes, um sintoma de que o indivíduo não sabe integrar suas potencialidades e limitações, não consegue conviver com elas harmoniosamente. Indica, na verdade, que no âmago do seu ser ele se sente inferior, daí a necessidade de se reafirmar constantemente, aparentando superioridade, mais para si mesmo até do que para as demais pessoas. As pessoas que apresentam esse quadro têm, em geral, um forte sentimento de insegurança e medo de rejeição, além de auto-estima bastante reduzida, ainda que não tenham consciência disso. Todos esses sentimentos são insuportáveis para sua psique, que deseja se realizar e não consegue fazê-lo naturalmente. Daí a necessidade de apresentar ao mundo uma persona (uma máscara, uma aparência) de que é melhor que os demais. É um mecanismo de defesa de caráter compensatório e sua incidência é alta, variando em grau e forma de se manifestar. Embora algumas pessoas portadoras dessas características apresentem também alguns transtornos, isso não é uma regra, de modo que o ‘complexo de superioridade’ pode, muitas vezes, aparecer em seu estado puro – não associado a nenhum outro quadro.”

 

E depois disto… apenas deixo um conselho:

Não há nada mais importante no mundo que a família. Podemos ter o melhor trabalho do mundo, ganhar todos os prémios de produtividade, mas para que servem eles se depois não temos com quem os partilhar e celebrar?

 

 

Já agora… não posso! Não quero! O tempo que me sobra do trabalho é para mim e somente para mim!

Anúncios

Responses

  1. Parece-me que complexos de superioridade é coisa que não te falta. E aprende a fazer caminho com aqueles que o já fizeram. Reflecte nisso… a sério.

  2. Cara Teresa,

    Fiz o caminho 3 vezes. Sei bem do que se passa.

    Quanto á minha superioridade… é muito relativa. Não ando para aí a mandar nas pessoas.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: