Publicado por: profpardal | Abril 23, 2009

Os meninos queridos e as suas “falcatruas!

Isto de se ser novo numa escola tem muito que se lhe diga. Há os abençoados e os “restantes”.
Uns são beneficiados a olhos vistos! São os meninos queridos, ou porque a mamã já trabalhou na escola, ou porque são “lambe-cus”!

Quando se dá aulas aos percursos alternativos em que os currículos disciplinares se baseiam num número de horas a leccionar, acontecem muitas vezes falcatruas e facilitismos.

Apesar de não concordar com esta situação (acho que cada um de nós deve fazer o nosso trabalho na totalidade), acho vergonhoso que numa reunião alguém se queixe que não vai conseguir dar todas as horas e o “responsável” dizer que essa pessoa pode simplesmente assinar o livro (sem dar a aula). O pior disto tudo, é que se tentou que esta colega desse aulas num determinado dia, coisa que recusou porque era o seu dia livre!!!!!!!!!!!!

Façam o que quiserem, desde que o façam disfarçadamente. Agora, beneficiar as amiguinhas em frente aos restantes colegas é para mim uma ofensa e das grandes!!!

Dei-me ao trabalho de analisar o livro de ponto e… o melhor é nem falar…

Vou cumprir as minhas horas. Estou inclusive a pensar em dar-lhes mais uma ou duas aulas, porque não consegui acabar o programa. Vou fazê-lo sem necessidade.

Agora vos digo! Eu vou enfrentar os responsáveis. Sei que é complicado. Vou ser mal entendida. Poderei inclusive arranjar “problemas”, mas a minha consciência assim me diz.

Façam as coisas, mas de uma forma discreta. Se há coisa que não sou é Burra!!!

Anúncios

Responses

  1. Para uma melhor sociedade todos devíamos fazer o nosso melhor. Dia livre. Que é isso? eu não tenho dia livre há cerca de 13 anos. E trabalhar para os outros (alunos) , que é a nossa função, como professores? Há colegas que ainda não perceberam que o nosso benefício estará na formação que dermos aos nossos alunos.Enfim…é por estas e por outras que por vezes nos apelidam de “baldas”.

  2. Pardala (inventei o nome, desculpa se não gostas). acho que, pelo teu desabafo (será?) de “burra” não tens nada! A luta continua e quem se cala, consente!

    Um admirador de pessoas que não se conformam com vigarices!

    António


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: